• Estudo em outra instituição e desejo transferir meu curso para o IFC. Como devo proceder?

    Os processos de transferência externa para os cursos do IFC são realizados por meio de editais de transferência. Estes editais são publicados no Portal de Ingresso. Para saber como se inscrever e conhecer as normas do processo, leia o edital na íntegra.

  • Estudo no IFC mas desejo transferir meu curso para outro curso/campus do IFC. Como devo proceder?

    Os processos de transferência interna para os cursos do IFC são realizados por meio de editais de transferência. Estes editais são publicados no Portal de Ingresso. Para saber como se inscrever e conhecer as normas do processo, leia o edital na íntegra.

  • O que é transferência externa?

    Transferência externa é aquela em que o candidato vem de outra instituição para o IFC.

  • O que é transferência interna?

    Transferência interna é aquela em que o candidato vem de outro curso do próprio IFC.

  • Quem pode se inscrever nos processos de transferência interna?

    Para transferência interna, poderão se inscrever alunos regularmente matriculados em cursos do Instituto Federal Catarinense, independentemente do campus.

  • Quem pode se inscrever nos processos de transferência externa?

    Para transferência externa, poderão se inscrever alunos regularmente matriculados em cursos de outras instituições de ensino públicas ou particulares.

Quais os documentos necessários para se inscrever nos processos de transferência para os cursos integrados?

A documentação necessária para realizar a inscrição, quando se tratar transferência externa (cópias sempre acompanhadas das originais – não necessitando serem autenticadas), é a seguinte:

  • Fotocópia da Carteira de Identidade do interessado. Se o interessado tiver idade inferior a 18 anos, será exigida a fotocópia da Carteira de Identidade do pai/mãe ou responsável.
  • Fotocópia do Histórico Escolar da instituição de origem.
  • Programa ou plano de ensino das disciplinas cursadas.
  • Atestado de matrícula ou de seu trancamento na instituição de origem.

A documentação necessária para realizar a inscrição, quando se tratar de transferência interna, (cópias sempre acompanhadas dos documentos originais, não havendo necessidade de autenticação), é a seguinte:

  • Fotocópia da Carteira de Identidade.
  • Histórico Escolar fornecido pelo curso/campus de origem.
  • Atestado de matrícula ou de seu trancamento no IFC

 

Quais os documentos necessários para se inscrever nos processos de transferência para os cursos subsequentes?

A documentação necessária para realizar a inscrição, quando se tratar de transferência interna, (cópias sempre acompanhadas dos documentos originais, não havendo necessidade de autenticação), é a seguinte:

a) Requerimento dirigido ao Coordenador do Curso pretendido, protocolado na Coordenação de Registros Acadêmicos do campus onde pleiteia-se a vaga (disponível no edital do processo);
b) Cópia acompanhada de original da Carteira de Identidade;
c) Comprovante de inscrição no CPF;
d) Atestado de matrícula atual e/ou de trancamento de matrícula na instituição de origem;
e) Cópia acompanhada de original de Histórico Escolar atualizado do curso de origem (com data de, no máximo, 120 (cento e vinte) dias a contar da data de emissão;
f) Cópia da Matriz/Estrutura Curricular do curso de origem em que o discente se encontra;
g) Cópia dos Planos de Ensino, com Ementas e conteúdo das disciplinas cursadas com aprovação no curso de origem, validadas pela instituição de origem, das quais pretende-se análise de aproveitamento de estudos.

 

A documentação necessária para realizar a inscrição, quando se tratar transferência externa (cópias sempre acompanhadas das originais – não necessitando serem autenticadas), é a seguinte:

a) Requerimento dirigido ao Coordenador do Curso pretendido, protocolado na Coordenação de Registros Acadêmicos do campus onde pleiteia-se a vaga (disponível no edital do processo);
b) Cópia acompanhada de original da Carteira de Identidade;
c) Comprovante de inscrição no CPF;
d) Atestado de matrícula atual e/ou de trancamento de matrícula na instituição de origem;
e) Cópia acompanhada de original de Histórico Escolar atualizado do curso de origem (com data de, no máximo, 120 (cento e vinte) dias a contar da data de emissão;
f) Cópia da Matriz/Estrutura Curricular do curso de origem em que o estudante se encontra;
g) Cópia dos Planos de Ensino, com Ementas e conteúdo das disciplinas cursadas com aprovação no curso de origem, validadas pela instituição de origem, das quais pretende-se análise de aproveitamento de estudos;
h) Documento que comprove o enquadramento da instituição de origem, indicando a categoria administrativa da instituição como sendo de caráter público ou privado.

 

Quais os documentos necessários para se inscrever nos processos de transferência para os cursos de graduação?

A documentação necessária para realizar a inscrição, quando se tratar transferência interna (cópias sempre acompanhadas das originais – não necessitando serem autenticadas), é a seguinte:

a) Requerimento dirigido ao Coordenador do Curso pretendido, protocolado no Setor de Registros Acadêmicos do campus onde pleiteia-se a vaga (disponível no edital do processo);
b) Cópia acompanhada de original da Carteira de Identidade;
c) Cópia do comprovante de inscrição no CPF;
d) Atestado de matrícula atual e/ou de trancamento de matrícula na instituição de origem;
e) Cópia acompanhada de original de Histórico Escolar atualizado do curso de origem (com data de, no máximo, 120 (cento e vinte) dias a contar da data de emissão;
f) Cópia da Matriz/Estrutura Curricular do curso de origem em que o acadêmico se encontra;
g) Cópia dos Planos de Ensino, com Ementas e conteúdo das disciplinas cursadas com aprovação no curso de origem, validadas pela instituição de origem, das quais pretende-se análise de aproveitamento de estudos.

 

A documentação necessária para realizar a inscrição, quando se tratar transferência externa (cópias sempre acompanhadas das originais – não necessitando serem autenticadas), é a seguinte:

a) Requerimento dirigido ao Coordenador do Curso pretendido, protocolado no Setor de Registros Acadêmicos do campus onde pleiteia-se a vaga (disponível no edital do processo);
b) Cópia acompanhada de original da Carteira de Identidade;
c) Comprovante de inscrição no CPF;
d) Atestado de matrícula atual e/ou de trancamento de matrícula na instituição de origem;
e) Cópia acompanhada de original de Histórico Escolar atualizado do curso de origem (com data de, no máximo, 120 (cento e vinte) dias a contar da data de emissão;
f) Cópia da Matriz/Estrutura Curricular do curso de origem em que o acadêmico se encontra;
g) Cópia dos Planos de Ensino, com Ementas e conteúdo das disciplinas cursadas com aprovação no curso de origem, validadas pela instituição de origem, das quais pretende-se análise de aproveitamento de estudos;
h) Documento que comprove reconhecimento do curso junto ao MEC, da instituição de origem;
i) Documento que comprove o enquadramento da instituição de origem, indicando a categoria administrativa da instituição como sendo de caráter público ou privado.

 

Quais os documentos necessários para se inscrever nos processos de transferência para os cursos de Retorno de Portadores de Diploma de Cursos Superiores?

A documentação necessária para realizar a inscrição, quando se tratar de Retorno de Portadores de Diploma de Cursos Superiores (cópias sempre acompanhadas das originais – não necessitando serem autenticadas), é a seguinte:

a) Requerimento dirigido ao Coordenador do Curso pretendido, protocolado no Setor de Registros Acadêmicos do campus onde pleiteia-se a vaga (disponível no edital do processo);
b) Cópia acompanhada de original da Carteira de Identidade;
c) Comprovante de inscrição no CPF;
d) Cópia acompanhada de original de Histórico Escolar com status de concluído;
e) Cópia acompanhada de original do Diploma do Curso Superior concluído.
f) Cópia da Matriz/Estrutura Curricular do curso em que o acadêmico tenha concluído;
g) Cópia dos Planos de Ensino, com Ementas e conteúdo das disciplinas cursadas com aprovação no curso de origem, validadas pela instituição de origem, das quais pretende-se análise de aproveitamento de estudos;
h) Documento que comprove reconhecimento do curso junto ao MEC;
i) Documento que comprove o enquadramento da instituição de origem, indicando a categoria administrativa da instituição como sendo de caráter público ou privado.