Dois estudantes de Luzerna, uma mulher e um homem, sorriem para a foto e de fundo temos um banner com a logomarca do IFC.
Dois estudantes de Luzerna, uma mulher e um homem, sorriem para a foto e de fundo temos um banner com a logomarca do IFC.

O Instituto Federal Catarinense (IFC) – Campus Luzerna realizou em 10/02 mais uma colação de grau em gabinete do curso superior de Engenharia de Controle e Automação. Os novos engenheiros são Renan Junior Balan e Giulia Maria Ciliprandi Teixeira. A outorga de grau foi concedida pelo diretor-geral do campus, professor Eduardo Butzen.

Tanto Giulia quanto Renan já estão atuando em empresas da região. Na trajetória acadêmica de cada um, viram o processo de consolidação do instituto, tendo a oportunidade de cursar uma graduação gratuita e de qualidade sem a necessidade de se deslocarem para grandes centros.

A participação no desenvolvimento de projetos acompanhou os dois egressos no decorrer do curso. Só para citar alguns exemplos, Renan participou de dois trabalhos premiados na Mostra Nacional de Iniciação Científica e Tecnológica Interdisciplinar (Micti) na edição de 2014, conquistando uma medalha de prata e outra de bronze. Teve um projeto aprovado para o III Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, além de ter sido contemplado com uma bolsa de iniciação científica. Giulia participou de um projeto com o professor Antônio Ribas Neto sobre a comunicação entre Arduíno e computador, além de ter produzido vários artigos, como o de eficiência energética proveniente de placas fotovoltaicas, e também de controle multivariável de quatro tanques.

Renan destaca alguns pontos importantes que contribuíram para sua formação no IFC: “A qualidade dos professores é indiscutível. Isso sem falar nos eventos, tanto aqueles realizados pela instituição quanto os externos, em que havia o estímulo para que todos participássemos”, diz.

Para Giulia, acompanhar todo o processo de ampliação do campus foi muito significativo. “Hoje vemos novos blocos, muita coisa nova desde o ano em que entramos. Temos muito orgulho dessas melhorias”, ressalta. “O fato de termos uma instituição de ensino superior gratuita aqui na região contribuiu muito para minhas escolhas. O sentimento agora é de desafio concluído, mas também há a proposta de novos caminhos para serem enfrentados: o mercado de trabalho, cursos de especialização, etc”, finaliza.

O bacharelado em Engenharia de Controle e Automação do IFC Luzerna foi o primeiro curso superior a ser implementado no campus, seguido por Engenharia Mecânica. Foi avaliado pelo Ministério da Educação (MEC) com o conceito 4 (muito bom).

*Texto e fotos: Cecom/Luzerna.