O que é?

Os candidatos classificados e aprovados pela Ação Afirmativa (cota) Pretos, Pardos ou Indígenas (PPI) serão convocados, anteriormente à matrícula, a passar por verificação da autodeclaração étnico-racial prestada na inscrição. Todas as informações sobre o procedimento estão disponíveis no item 3 do respectivo edital de matrículas:

Edital de Matrícula dos Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio

Edital de Matrícula dos Cursos Técnicos Subsequentes

 

Quem deve participar?

Todos os candidatos que se encontram CLASSIFICADOS ou APROVADOS em alguma das ações afirmativas PPI (EP-PPI, EP-PPIPcD, EP-BR-PPI, EP-BR-PPI-PcD);

 

Quais documentos devo apresentar?

O candidato deverá apresentar/enviar documento de identificação com foto (RG) e a autodeclaração étnica-racial devidamente preenchida e assinada.

A autodeclaração étnica racial está disponível aqui.

 

Como pode ser realizado o procedimento de Heteroidentificação?

O candidato pode realizar o procedimento de forma online ou presencial.

Optando pelo procedimento online, o candidato deverá enviar um vídeo conforme orientações abaixo.

Os vídeos e documentos poderão ser enviados para o e-mail afericao.ppi@ifc.edu.br ou pelo formulário descrito no item 3.2.3.4 do respectivo edital de matrículas.

Optando pelo procedimento presencial, o candidato deverá comparecer até o Campus do curso selecionado no momento da inscrição, nos horários disponíveis no Anexo I do respectivo edital de matrículas.

 

O que ocorre se o candidato tiver sua autodeclaração indeferida ou não comparecer ao procedimento?

O candidato que tiver sua autodeclaração indeferida ou não comparecer ao procedimento não poderá se matricular na ação afirmativa selecionada caso seja aprovado em algum das chamadas do edital. Ele continuará concorrendo apenas pela Ampla Concorrência.

Em caso de indeferimento, o candidato poderá protocolar recurso contra a decisão da comissão de aferição. O candidato que não comparecer ao procedimento não terá direito ao recurso.